Energia Solar Fotovoltaica

A energia solar fotovoltaica é a eletricidade gerada diretamente por placas solares que captam a luz do sol durante o dia e a transformam em energia elétrica por meio do efeito fotovoltaico. Sua produção é feita em grandes usinas solares ou em micros e miniprojetos instalados pelos próprios consumidores que desejam ser sustentáveis.

Existem atualmente dois modelos de sistemas fotovoltaicos: on-grid e off-grid.

No sistema on-grid temos um "sincronismo" entre a energia distribuída pela concessionária e pelo próprio sistema. Nos anos 90, na Alemanha, foram instalados os primeiros sistemas fotovoltaicos conectados à rede. Já nos sistemas off-grid a  energia  é enviada diretamente para um banco de baterias que armazenam o que foi gerado. Neste sistema temos a ausência da energia da concessionária, pois a alimentação dos equipamentos é feita diretamente pelo inversor.  

Com avanços na produção, esta fonte de energia cresce exponencialmente e está se encaminhando para ser a principal fonte em geração de energia. O módulo que capta a energia - também chamado de placa fotovoltaica - é um dos principais elementos do grupo de geração. É composto por células fotovoltaicas que, em sua maioria, tem por sua composição principal o silício. A luz solar que é captada é, primeiramente, transformada em energia de corrente contínua (cc) e somente depois é transformada em energia de corrente alternada (ca) - essa conversão é realizada pelo inversor, que falaremos a seguir -, ficando assim utilizável pelos aparelhos elétricos. O inversor também tem seu papel importante nesse grupo - talvez o mais o importante. Sua principal atividade é converter a energia  que, como citado anteriormente, chega na forma de corrente contínua em corrente alternada. Mas não ficam limitados somente a esta atividade, pois eles também são os responsáveis por otimizar a energia produzida (nem todos tem essa capacidade). Lembrando que sua funcionalidade pode variar de acordo com o sistema utilizado, por exemplo: sistemas on-grid e off-grid. No sistema on-grid o inversor faz a conversão, que já pontuamos acima; já nos sistemas off-grid ele faz a alimentação direta dos equipamentos retirando energia de um banco de baterias que possuem energia de corrente contínua. Este, é usado somente em sistemas isolados (off-grid) pois não tem a capacidade de interagir com o sinal de corrente alternada presente na rede. Ambos os sistemas citados têm a grande vantagem de serem sustentáveis; e captam energia de fontes renováveis.